Publicado em Diário, Ouvindo e Escrevendo

Música do Dia

Nada melhor do que você ouvir uma música e ter aquela sensação de identificação.

Hoje lhes ofereço uma qualidade musical bem requintada, para poucos ouvidos. A sensibilidade do artista é ímpar. É a descrição perfeita do que sinto hoje.

Solta o som DJ! rsrs

Paredes
(Jay Vaquer)

Falo pras paredes ( pessoas )
E elas me escutam
E me irritam
Em silêncio
E algumas rachaduras
Grito pras paredes ( pessoas )
E elas me fitam
E sufocam
Entre tintas descascadas
E sujeiras
Mais que a garganta que não cansa
A voz alcança um tempo sem fim
E as folhas mortas pelo chão
– da outra estação –
Ainda são bonitas
Ainda são perfeitas
Ainda são (pra sempre )
Falo pras pessoas (paredes)
E elas me evitam
E me cansam
Com manias e algumas implicâncias
Grito pras pessoas (paredes)
E elas me esnobam
E bajulam
Entre interesses
E paixões