Publicado em Diário, Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Sentindo e Escrevendo

O sentimento ainda é o mesmo

‎- Escrevi esse poema pensando no meu pai em 03/02/2012. O sentimento ainda é o mesmo. –

Eu queria dizer que aprendi coisas boas com você.
Mas não aprendi.
Eu queria dizer que tenho boas lembranças de você.
Mas não tenho.
Eu queria te chamar de herói.
Mas não chamo.
Eu queria me sentir bem ao seu lado.
Mas não sinto.
Eu queria me orgulhar de você.
Mas não me orgulho.
Eu queria conversar com você.
Mas não converso.
Eu queria querer te abraçar.
Mas não quero.
Eu queria não sentir mágoa.
Mas sinto.
Eu queria não chorar por nós.
Mas choro.

Eu queria te amar.
Mas não amo.