Publicado em Compartilhando, Diário, Escrevendo, Sentindo e Escrevendo, Vendo e Compartilhando, Vendo e Escrevendo

Homenagem aos Psicólogos

Achei essa pérola de animação no blog do autor de Filho do Freud. Me emocionei por demais.

E essa vai em homenagem a todos os psicólogos, aos reorganizadores de nossa alma.

Com carinho para Sonia Haussmann Noya, que tanto me ajudou e que é um ícone até hoje para mim.

E para Camila, minha atual analista, que tem me ajudado a fazer uma reconstrução mental maravilhosa. Dolorosa, mas necessária.

Publicado em Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Vendo e Escrevendo

Friends Plagiando Chaves

Eu, muito fã de Friends e de Chaves, percebi duas piadas clássicas do Chaves em 2 episódios de Friends. Uma, é a cena clássica do Seu Barriga sentando no sofá e todo mundo levantando.

Veja, a cena começa em 09:52:


No Friends, a mesma piada é feita. Veja em 3:06:


A outra piada plagiada é de quando o Chaves ia começar a fazer algo e interrompia falando alguma coisa. Kiko ficava louco (e eu também! rsrs).


Uma das cenas com a piada em 0:45:

 

No Friends, a piada é repetida quando Ross vai tocar o “Som”. Veja em 1:20:


Talvez tenha mais plágio e eu não me liguei. Mas de nada, nadinha de nada, muda a qualidade de Friends. Na minha opinião, ela é a melhor série de todos os tempos.

Publicado em Diário, Escrevendo, Pensando e Escrevendo

Pensar faz parte. Interpretar é uma arte!

Não que eu queira que você pense que o que eu penso é o que você pensou que eu pensaria daquilo que eu pensei.
Eu só quero que você pense que o que eu penso não é aquilo que você pensou que eu pensei.
Se eu pensei aquilo que você pensou que eu pensei, me desculpe.
Eu só pensei que você queria que eu pensasse aquilo que você pensou que queria.

Mas de fato, eu pensei.

Publicado em Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Sentindo e Escrevendo

Quem Desumaniza, Desumanizado É!

Acordei e fiquei pensando em como o ser humano consegue um potencial de maldade tão grande, ao ponto de desumanizar o outro.

E sabe… Quem desumaniza, desumanizado é. Talvez seja esse o motivo pelo qual até hoje existe a escravidão. Você pode até dizer que o poder e o dinheiro que são o pilar dessa maldade. Mas eu acho que no íntimo de cada um deles, o que querem é um mundo desumano. Talvez assim se sintam menos sozinhos.

Ou não, talvez essa ausência de sentimentos que tenha favorecido o pensamento de que o que eu tenho vale mais do que você é.

Publicado em Diário, Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Sentindo e Escrevendo

Mais do Menos

Seria tudo mais fácil se eu me entendesse.
Talvez assim eu correria menos.

Talvez assim eu me pediria menos.
Me pedindo menos, pediria menos dos outros.
E me frustaria menos (comigo, e com os outros).

Talvez se eu fosse menos eu seria mais.