Publicado em Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Reflexão Do Dia

Reflexão Do Dia – 03

gaiola-1Nada no universo é totalmente livre. Nem o pó de uma estrela é livre. Ele veio e irá para algum lugar de acordo com as condições à sua volta. Sempre somos tocados pelo que está ao nosso redor, e isso nos afeta e nos direciona para algum lugar.

A liberdade acontece a cada milésimo de segundo. Cada escolha que fazemos é um pedaço da nossa liberdade. O que esquecemos é que cada escolha é uma renúncia e gera uma consequência. Somos a consequência da escolha de um neandertal que escolheu raspar uma pedra na outra e que isso gerou a descoberta do fogo.

Liberdade é um dos substantivos mais abstratos que existe. A única liberdade concreta que temos é a do pesamento (por mais irônico que isso seja).

Publicado em Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Reflexão Do Dia, Sentindo e Escrevendo

Reflexão Do Dia – 02

wallpaper_today_is_the_day_by_analaurasam-d6bzrbx

 

 

 

 

 

 

A felicidade está em nós, mas parafraseando Christopher McCandless, ela só é verdadeira quando compartilhada.

A alegria é a felicidade no seu estado sólido. É momentâneo, mas ainda assim é felicidade. Como a água e seus estados físicos: gelo, líguido ou vapor, não importa; é água.

Talvez felicidade seja a própria vida, e nós estamos fazendo errado, tentando sempre colocá-la em seu estado sólido.

Publicado em Diário, Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Sentindo e Escrevendo

Embrulha o resto para viagem?

blog854Como disse Dummond: “… fica sempre um pouco de tudo. Às vezes um botão. Às vezes um rato.”
Mas o que fazer com o que ficou depois de tudo que já se foi, se esse pouco que ficou não é o que gostaria que tivesse ficado?
Mas a verdade é que o resto nunca é o que deveria ficar. É a sobra de uma degustação que começou muito saborosa, mas que ao seu final, torna-se amargo e deixa-se de lado. Esse é o pior resto de todos. Olhamos para a sobra e automaticamente é gerado um desconforto pelo que já se foi, e o que restou nem de longe se parece com o que não está mais lá.
Você até quer repetir e sentir de novo aquele delicioso sabor. Mas o que restou te deixou traumas significantes, ao ponto de você ter medo de fazer uma nova degustação e sentir novamente aquele gosto amargo que demorará muito tempo para sair da sua boca.

– Garçom, por favor, quero pedir outra coisa.
– Embrulha o resto para viagem?
– Não! Fique para você se quiser, pode ser que seu paladar aprecie esse resto, porque o meu já não gosta mais.

Publicado em Reflexão Do Dia

Reflexão Do Dia – 01

Liguei para um amigo e pedi para ele escrever um texto reflexivo, e recebi essa pérola.

Fica a #ReflexãoDoDia:

TX71.jpg.large

 Com o passar do tempo vamos mudando, aos poucos e devagar. Quando percebemos várias mudanças já aconteceram e já são realidade.

E então, quando a nova realidade vira de verdade realidade pra si mesmo, é quando nos damos conta que muitas das coisas que eram nossas já não existem, não estão lá.

Algumas vezes o sorriso que mudou, outras vezes os gestos, até mesmo pensamentos.
Mas para onde foram? Foram roubadas? Foram perdidas? Jogadas fora ou esquecidas?
Algumas vezes jamais saberemos ao certo.
E estas mudanças? Foram gratuitas? Ou pagas? Se pagas qual o preço pago? Baixo? Alto?
Em certas situações o preço pago é alto (até demais), mas necessário. Faz parte da evolução da vida.

O fato é que quando estas mudanças acontecem, já não mais se é possível ser o que se era. Quem se era.
Aprender com os próprios erros não torna qualquer tipo de sofrimento ou mudança mais poética do que quando motivada pelo acerto.

Lágrimas jogadas por si próprias não aliviam nada.

Antonio Borges