Publicado em Escrevendo, Pensando e Escrevendo, Sentindo e Escrevendo, Textos Antigos

Tristeza

Estava eu revirando umas gavetas do meu quarto, e reencontrei o meu primeiro caderno de escrita.

Fevereiro de 2000.

Sim, comecei a escrever aos 19 anos (velha). Na verdade, eu já escrevia nas agendas, mas não sei se conta.

Relendo esse caderno, bati de cara com algumas definições de palavras. Felicidade, sorriso, amigos, raiva… Mas a melhor de todas foi a minha definição de tristeza. Segue:

Tristeza: Dor muito forte, aonde você se sente pequeno e sem sentido. Um conjunto de sentimentos ruins, aonde eles se condensam e formam apenas um.

dhddrhyr

Essa menina tem futuro, viu! rsrsrs

Publicado em Diário, Pensando e Escrevendo, Sentindo e Escrevendo, Textos Antigos

Textos Antigos – “Dormir”

Então… Eu tenho um caderno com vários textos que escrevi em 2000. Resolvi redigir alguns e expô-los.

São bem intensos.

Resolvi começar com um pequeno, mas um dos meus prediletos.

Dormir

Vou dormir e tentar esquecer. Amanhã é outro dia.
Amanheceu. Nada mudou.
Ainda sofro.
Ainda choro.
Vou dormir novamente. Pode ser que desta vez funcione.
Acordei. Nada mudou.
Levantei, fui para a janela e me joguei.

Agora sim eu durmo e esqueço…

(07/03/2000)